Ligue-nos
Envio grátis acima de 24.99€!
0
Categorias    Saúde / Bem Estar    Ossos e Articulações    Magnesium Malate 1000mg - 180 Comprimidos
-10%
 
Magnesium Malate 1000mg - 180 Comprimidos
Now
Magnesium Malate é um suplemento que auxilia na produção da energia do metabolismo, contração muscular e ajuda na mineralização óssea.
Promoção válida de 29 de setembro 2021 a 31 de outubro 2021
 
27,50€ 30,55€
 
Pontos acumulados na compra de 1 produto = 27
Tamanho
 
Quantidade
- +
Adicionar à caixa
 
Favoritos
Portes grátis em compras superiores a 24.99€
Ao comprar este produto os portes são grátis!
 
Descrição
Mais informação
Modo de utilização
 
Síndrome de fibromialgia (FMS) - Fadiga Crónica Muscular, dores musculares e ansiedade.
Melhora o ciclo de produção de energia do organismo (Krebs) aliviando os sintomas de FMS
O ciclo de Krebs, corresponde a uma série de reações químicas catabólicas e anabólicas que ocorrem na vida da célula.

Combina dois ingredientes essenciais:
  • Ácido málico (estimula a energia celular)
  • Magnésio (cofator de 300 enzimas)
  • Mágnésio Malato contem um mínimo de 60% de Ácido Málico
  • Fórmula vegetariana
Suplemento alimentar indicado para:
  •  Síndrome de fibromialgia
  •  Dores musculares e Fadiga crónica muscular

O malato de dimagnésio, uma forma de magnésio, é constituído por uma molécula de ácido málico à qual se ligam duas moléculas de magnésio e constitui uma excelente fonte de magnésio e de ácido málico, com uma biodisponibilidade elevada. Além disso, como o
malato não reage com os ácidos gástricos, não perturba o funcionamento do sistema digestivo, como pode por vezes acontecer com outras formas de magnésio.

O magnésio encontra-se em quantidades significativas em todo o corpo e é utilizado em inúmeras reacções, incluindo o relaxamento muscular, a coagulação sanguínea e a produção de ATP, a principal molécula de energia do organismo. Esta é produzida no decurso do ciclo de Krebs, o principal ciclo bioquímico da produção de energia nas mitocôndrias celulares.

O ácido málico, um constituinte natural de inúmeros frutos e legumes, pertence ao grupo dos alfa-hidroxi-ácidos. É igualmente  intetizado no organismo no ciclo de Krebs e está também ele implicado na produção de energia. A acumulação de alumínio nos tecidos nervosos é provavelmente responsável por problemas graves e desempenha certamente um papel importante no aparecimento de
patologias como a doença de Alzheimer ou a doença de Parkinson. No cérebro, o alumínio destroi a estrutura dos neurónios, deixando-os à fome, extraindo o magnésio da tubulina, uma glicoproteína responsável pelo fabrico dos microtúbulos indispensáveis à sua necessária rigidez. Um consumo cronicamente fraco de magnésio está associado a um aumento dos níveis de acumulações tóxicas de alumínio, destruidoras dos microtúbulos.
 
 
Relacionados
Mais Vendidos
Tabela Nutricional
 
 
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies.
Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.