Ligue-nos
Envio grátis acima de 24.99€!
0
Categorias    Saúde / Bem Estar    Função Hepática     Cynafort 60 comp
-10%
 
Cynafort 60 comp
Dietmed
Cynaforte é um suplemento alimentar que possui um conjunto de fito nutrientes, vitaminas e nutrientes que ajudam a manter uma função hepática equilibrada, ao mesmo tempo que promovem a integridade do tecido hepático, incluindo a sua regeneração.
Promoção válida de 25 de março 2020 a 31 de agosto 2020
 
19,85€ 22,05€
 
Pontos acumulados na compra de 1 produto = 20
Quantidade
- +
 
Adicionar à caixa
 
Favoritos
Portes grátis em compras superiores a 24.99€
 
Descrição
Mais informação
Modo de utilização
 
COLINA
A colina contribui para o normal metabolismo dos lípidos e para a manutenção de uma função hepática normal.
 
VITAMINA B12
A Vitamina B12 contribui para o normal metabolismo da homocisteína.
 
ZINCO
O Zinco contribui para o normal metabolismo dos hidratos de carbono, ácidos gordos e macronutrientes.
 
PROTEÇÃO CELULAR
A Vitamina B2 (riboflavina), a Vitamina C, a Vitamina E e o Zinco contribuem para a proteção das células contra as oxidações indesejáveis.
 
| Na proteção do tecido hepático
| Ativação enzimática do metabolismo hepático
| Ação colerética e colagoga
| Regeneração da célula hepática
 
 
 
DESCRIÇÃO
SAÚDE DIGESTIVA
A função digestiva é uma condição prévia para uma boa saúde global.
A digestão ocorre pela conjugação de fenómenos mecânicos, como é a mastigação, a deglutição e os movimentos peristálticos (que ocorrem por ciclos de contração e relaxamento do músculo liso de órgãos como o estômago e intestino delgado e grosso), com fenómenos químicos, devido à ação de várias enzimas, que tem uma ação específica para cada nutriente.
A digestão consiste, assim, no conjunto de transformações das moléculas orgânicas nos seus componentes básicos: os glúcidos em monossacáridos, as proteínas em aminoácidos e os lípidos em ácidos gordos e glicerol. O processo da digestão ocorre ao longo do trato gastrointestinal, iniciando-se na cavidade bucal, continuando no estômago, apesar de ser no intestino delgado que ocorre a maior proporção.
O sistema digestivo pode ser considerado como sendo a porta de entrada do organismo e problemas com o seu funcionamento podem repercutir por todo o corpo. Uma redução do ácido gástrico, por exemplo, pode promover o desenvolvimento de um ambiente favorável para a proliferação de Helicobater pylori. O trânsito intestinal lento também se tornou uma fonte de real desconforto para grande parte da população, com consequências físicas e fisiológicas que não podem ser subestimadas. A digestão inadequada também pode impedir que importantes nutrientes sejam absorvidos pelo organismo.
Estilos de vida stressantes e hábitos alimentares pobres têm contribuído para odesenvolvimento de problemas digestivos, desde a indigestão ocasional até doença digestiva grave.
 
ONDE ATUAR:
Na proteção da mucosa gástrica;
Na proteção do tecido hepático;
Na prevenção da dispepsia;
Na manutenção da função intestinal.
 
DEPURAÇÃO HEPÁTICA
Um dos principais papéis do fígado está relacionado com a defesa. Todos os dias, o organismo humano pode ser exposto, intencionalmente ou não, a centenas de substâncias químicas exógenas que podem desencadear uma resposta específica. Muitos destes compostos, tendem a ser altamente lipofílicos e, por isso, tendem a permanecer no corpo durante longos períodos de tempo. No entanto, o organismo possui uma série de sistemas enzimáticos, a maioria no fígado, que têm como função converter as substâncias lipofílicas em derivados mais hidrossolúveis que depois podem ser excretados de forma eficaz pelos rins. Esta capacidade protetora do fígado resulta da expressão de uma grande variedade de enzimas cujas características se baseiam na sua capacidade de catalisar a oxidação, redução e hidrólise (fase I) e/ou conjugação (fase II) dos grupos funcionais das moléculas.
 
CYNAFORT constitui um suplemento alimentar à base de fitonutrientes, vitaminas e nutrientes com as seguintes funções:
 
PHYLLANTUS
As partes aéreas do Phyllantus possuem, na sua composição, os compostos benzenóides, como o ácido gálico, corilagina, ácido 4-O-galoilquímico; os flavonoides, como o galocatequina, rutina, quercetina-3-O-glucopiranósido, e taninos, como a filantusina, geranina, amarina, furosina, ácido geraninico, ácido amarinico, elaeocarpusina. A geranina e a amarina apresentam atividade protetora contra os danos oxidativos induzidos pelo etanol nas células hepáticas. Estas reduzem o stresse oxidativo induzido pelas substâncias hepatotóxicas, inibindo os danos nas biomoléculas e dificultando as vias apoptóticas.
 
BRASSICARE™
O BrassicareTM é um extrato de Brócolo clinicamente testado e patenteado. O BrassicareTM é rico em Glucorafarina, com elevado interesse para a saúde humana, uma vez que auxiliam o fígado no seu trabalho de desintoxicação, para além de possuírem uma ação antimicrobiana. O BrassicareTM demonstrou ter um efeito benéfico no CYP1A2 comparativamente a um controlo positivo, ao inibir mais de 60% da sua atividade.
 
CARDO MARIANO
Nas células hepáticas, bem como noutro tipo de células, os efeitos mais comuns do cardo mariano (silibina) podem ser resumidos em: antioxidante, modulador direto e/ou indireto da inflamação e da fibrogénese, modulador direto e/ou indireto de algumas vias metabólicas intra-hepáticas. No SiliphosTM a silibina está complexada com a fosfatidilcolina de soja de forma a melhorar significativamente a sua biodisponibilidade.
 
ALECRIM
A folha de alecrim possui propriedades coleréticas e colagogas, hepatoprotetoras e anti-inflamatórias. Os seus extratos têm demonstrado exercer uma potente atividade antioxidante devido, em grande parte, à presença do ácido rosmarínico e diterpenos fenólicos.
 
COLINA
A função principal da colina em humanos é a síntese de fosfatidilcolina, o principal fosfolípido nas membranas. Os défices em colina pela dieta causam o aparecimento de um fígado gordo e outros danos hepáticos.
 
Relacionados
Mais Vendidos
Tabela Nutricional
 
 
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies.
Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.