Portugal
España
 
Portes Grátis* * Compras superiores a 19.99€
0 Artigos
0,00 €
 
 
Hydro Fusion 2000g
Xcore
34,90€ 44,90€  
 



Caixa de Compras Vazia
Portugal
España
 
0 Artigos
0,00 €
BlogNutrystore
Intolerâncias à lactose - Alternativas
17 de Maio, 2016
  • Foto:
    1 de 1
    Aumentar
    É possível que uma pessoa seja intolerante aos mais variados tipos de alimentos, mas neste caso vamos dar atenção à lactose. De uma forma resumida esta intolerância consiste na incapacidade que os adultos têm em digerir a lactose, um açúcar presente no leite e seus derivados. O nosso organismo produz uma enzima intitulada de lactase, que tem como função dividir os componentes mais simples da lactose permitindo a sua absorção para a corrente sanguínea. Contudo, quando a sua produção não é suficiente o nosso corpo não tem a capacidade de digerir a lactose provocando desconforto abdominal, vómitos, diarreia, náuseas, flatulência e/ou inchaço abdominal.
    Geralmente a intolerância à lactose é adquirida ao longo da vida, com a passagem para a fase adulta e a adaptação genética os indivíduos tendem a diminuir a produção de lactase, ou pode ser apenas um fator temporário proveniente de um infeção ou lesão intestinal. Contudo a ausência de leite na dieta pode levar à carência de algumas vitaminas, nutrientes e proteínas, que vão destabilizar o treino e ganho de massa muscular.
    Então, o que se pode fazer para contornar este défice? Bem, primeiro pode começar por apostar em alimentos ricos em cálcio, como as sardinhas, o salmão, brócolos, entre outros, depois pode recorrer à suplementação proteica, que o vai ajudar a manter o nível e intensidade das suas atividades físicas.
     
    Alternativas ao leite
    Para as pessoas em geral, e para os atletas em particular a eliminação do leite da dieta alimentar implica excluir também as proteínas whey e caseína. Sendo que estes tipos de proteínas são dois dos suplementos mais utilizados por atletas de competição, a sua restrição pode ser um grande problema para o seu desenvolvimento muscular. No entanto não é preciso entrar já em pânico, pois existem outras alternativas, também elas excelentes fontes de proteínas.
     
    Proteína de ovo: Apresentando a mesma qualidade da whey e com um aminograma altamente anabólico, a proteína ou albumina do ovo não contém lactose e é um suplemento bastante utilizado na dieta dos culturistas.
    Proteína de carne: Este tipo de suplementos é bastante famoso e utilizado por atletas de alta intensidade, pois, para além de conter aminograma imensamente anabólico, também apresenta um elevado teor de creatina. A proteína de carne também não possui lactose, o que torna este produto irresistível para quem quer manter ou aumentar o tecido muscular magro.
    Proteína de vegetal: Para aqueles que são vegetarianos, e que não podem consumir leite e derivados o ideal mesmo é optar por um suplemento de origem vegetal. Combinando na sua composição diferentes proteínas vegetais, estes suplementos apresentam um aminograma bastante complexo, igualando-se a outras fontes de proteína. 


    Escrito por
      Seja o primeiro a comentar
     
     
    Segurança
    10 + 2 =  insira o resultado
    O comentário será validado pela administração do site.
    Tags: intolerancia, lactose, alternativas derivados de leite
    Tags
    Arquivo
    Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.