Portugal
España
 
Portes Grátis* * Compras superiores a 19.99€
0 Artigos
0,00 €
 
 
Rapid Muscle Gainer 5.440 grs
Devotika
44,90€ 52,90€  
 



Caixa de Compras Vazia
Portugal
España
 
0 Artigos
0,00 €
BlogNutrystore
5 erros a serem corrigidos para conseguir o tão ambicionado six pack
03 de Novembro, 2015
  • Foto: SIXPACK
    1 de 1
    Aumentar
    Os músculos abdominais são possivelmente os mais apreciados e procurados em todo o mundo, tanto no corpo masculino como no corpo feminino. Apesar de muito desejado, o “6 pack” é um dos grupos musculares mais difícil construir e tonificar. Cansado de treinar e não ver resultados? Existem várias razões para isso estar acontecer, tais como o percentual de gordura, o tipo de treino, as formas de execução de exercícios, entres outras.
     
    Saiba agora quais são os principais erros para poder corrigi-los e focar-se na obtenção dos resultados pretendidos.

    1 – Acumulação de gordura subcutânea na zona abdominal. A componente mais importante para conseguir atingir o tão aclamado “6 pack” é ter um baixo nível de gordura corporal. A gordura subcutânea prejudica bastante a definição muscular, logo, quanto menos gordura subcutânea uma pessoa tiver, maior será a sua definição muscular. Essa gordura é utilizada como energia e com uma dieta adequada, a sua diminuição é possível. De nada adianta executar os mais variados exercícios abdominais, construir bons músculos abdominais, se estes estiverem por trás de uma grande camada de gordura, impedindo desta forma o seu aparecimento. A forma mais eficaz para ter abdominais tonificados é fazer uma dieta adequada, tendo como principal objectivo diminuir o percentual de gordura corporal.
     
    2- Exercícios abdominais não variados, treinar demais a região oblíqua e esquecer o reto abdominal. Como qualquer outro músculo do corpo, os músculos abdominais precisam de ser treinados a partir de vários ângulos e volumes para que desta maneira se proponha estímulos e variações diferentes ao mesmo, trabalhando toda a parede abdominal. Tal como acontece nos outros grupos musculares, não se esqueça de trocar periodicamente os exercícios executados. Além dos exercícios específicos, faça exercícios básicos (não negligencie a parte inferior abdominal), pois são imprescindíveis para a composição da linha abdominal, além da fortificação das regiões mais internas.

    3- Falta de carga no treino. Habituamo-nos a treinar todos os conjuntos de músculo do corpo com o máximo de carga possível dentro de uma boa execução. A região abdominal merece também ser tratada como todos os outros músculos, sendo que isso inclui o trabalho com pesos e com alguma intensidade, diferente do que a grande maioria faz ao realizar exercícios para esta zona muscular. Para o seu “6 pack” crescer, no entanto, é preciso estimulá-lo como qualquer outro grupo muscular no seu corpo. Comece a treinar os seus abdominais com algum peso e varie o número de repetições sempre que fizer exercícios para esta região. Por exemplo, num dia faz um número de repetições entre 15 a 30, na próxima vez que treinar os abdominais, deverá baixar o número de repetições, mas aumentar o peso da carga. Para que possam sofrer um processo adequado de crescimento, seja por hipertrofia ou hiperplasia, a alta intensidade é fundamental!

    4 – Treinar os abdominais todos os dias. Este é um assunto controverso porque uns defendem que deve ser exercitado todos os dias, outros não. A verdade é que se já é atleta há muito tempo, se já faz musculação há anos e já tem tonificada, definida, saliente a zona abdominal não tem qualquer problema em exercita-los diariamente, normalmente no fim do treino. Já quem está ainda no processo de construção do “6pack” deve exercitar 2 a 3 vezes por semana esta zona abdominal, não esquecendo que há muitos exercícios que indiretamente estimulam esta zona, é, por isso, necessário fazer uma pausa durante a semana. Assim que atingir o objectivo, pode encurtar a duração do treino abdominal e inclui-lo nos seus exercícios diariamente.

    5- Manter sempre a mesma dieta. A dieta é um fator fundamental quando pretendemos diminuir os níveis de gordura corporal ou quando pretendemos aumentar a massa muscular. Não interessa seguir duas ou três regras numa dieta para termos sucesso, mas sim seguir um conjunto de regras, devemos pensar na dieta como um todo, só assim é que funcionará. Devemos optar por uma grande variedade de alimentos e por nutrientes que aumentarão o metabolismo, para que desta forma o nosso organismo possa receber estímulos diferentes e não caia em monotonia, pois rapidamente se adaptará aos mesmos estímulos. Se o organismo for estimulado com variedade, o metabolismo ajudará no aumento da musculatura abdominal e na redução do percentual de gordura. Por isso, varie a dieta, isso é primordial na obtenção de bons resultados com o corpo.

    Conclusão:
     
    Não são assim tão poucos os erros que cometemos quando tratamos da região abdominal, tanto pelas dietas, como pelos treinos. Corrija estes erros para atingir mais rapidamente o resultado pretendido e ter um abdómen mais espesso e saliente. Bons treinos.


    Escrito por
      Seja o primeiro a comentar
     
     
    Segurança
    8 + 5 =  insira o resultado
    O comentário será validado pela administração do site.
    Tags: abs, musculação, perder barriga, six pack
    Tags
    Arquivo
    Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.